Buscar
  • ALEPO Saboaria

O óleo essencial da pimenta-rosa: uma revisão bibliográfica.

Atualizado: 6 de jul. de 2020

A pimenta-rosa (Schinus terebinthifolius) é muito conhecida na culinária e na alta gastronomia por ser um condimento sofisticado e que proporciona um inconfundível aroma e sabor aos seus pratos. Presente em quase toda cozinha, desde as mais tradicionais até as mais contemporâneas, é comum encontrarmos receitas que levam este ingrediente em sua formulação. Entretanto, pouco se sabe sobre o óleo essencial da pimenta-rosa e os seus efeitos terapêuticos. Neste espaço, vamos contar um pouquinho dos seus poderes e processos.



Propriedades


De acordo com a literatura, o óleo essencial da pimenta-rosa possui propriedades terapêuticas na melhora da circulação sanguínea, no tratamento de varizes e flebite, no combate a acne, psoríase e dermatites. Além dessas, são observadas propriedades:

  • antimicrobiana

  • potencial antitumoral

  • antioxidante

  • antifúngica

  • antiinflamatoria

Na sabedoria tradicional, é comum o relato de banhos de assento para se tratar as complicações no pós-parto, assim como inflamações e infecções do trato urinário, digestivo e respiratório.


Obtenção do óleo essencial


De maneira geral, as essências aromáticas produzidas pelas plantas são o resultado de transformações bioquímicas induzidas pela luz do sol. Como esse processo ocorre?


Sabemos que a fotossíntese é a responsável pela transformação da energia dos raios solares em açucares. Com esses açucares, e através do metabolismo próprio das células vegetais, uma série de reações químicas se sucedem, dando origem a diversos compostos importantes para as plantas. Estas substâncias desempenharão mais tarde diferentes funções.


As essências são usadas, por exemplo, para afastar agressores e para se protegerem de ataques microbianos devido à suas características antibacterianas e antivirais. Para além de repelir os elementos nocivos, as plantas também utilizam suas essências para atrair insetos benéficos, como as abelhas, borboletas, mariposas, passarinhos, besouros que se alimentam do néctar de suas flores, e asseguram a fecundação. Em regiões muito quentes as essências desprendem-se naturalmente da planta e formam uma camada volátil protetora ao seu redor, mantendo sua temperatura estável e evitando a perda excessiva de água.


Essas essências, quando destiladas, resultam no óleo essencial - um extrato proveniente dos órgãos de uma planta aromática submetida à destilacão. Sendo assim, o óleo essencial é um complexo químico resultado de muitos compostos orgânicos e sua composição é determinada pela biossíntese das moléculas constituintes (fator intrínseco à planta), pela forma de cultivo e pelo processo de extração ao qual a planta é submetida (fatores artificiais).



Para saber mais sobre estes processos, vou deixar aqui o link de acesso ao texto original apresentado na 6a edição do CONAROMA 2020 (Congresso Online de Aromaterapia). Lá você vai encontrar em detalhes os diferentes estudos acerca do óleo essencial da pimenta-rosa, assim como uma bibliografia de qualidade para mergulhar neste assunto. Boa leitura!!!



TCC Thais Olitta Basso Pimenta Rosa
.pdf
Download PDF • 755KB


#aromaterapia #pimentarosa #óleoessencial #saboarianatural #saboariaartesanal #saboaria #cosméticanatural #cosméticavegetal #artesanal #vegana #mulheresempreendedoras #compredequemfaz #autoralefamiliar #soupequeno #oshadi #conaroma



41 visualizações0 comentário